sexta-feira, 15 de janeiro de 2010

MOACYR SCLIAR

MILTON E O CONCORRENTE

Milton ainda não abriu a sua loja, mas o concorrente já abriu a dele; e já está anunciando, já está vendendo, já está liquidando a preços abaixo do custo. Milton ainda está na cama, ao lado da amante, dessa mulher ilegítima, que nem bonita é, nem simpática; o concorrente já está de pé, alerta, atrás do balcão. A esposa - fiel companheira de tantos anos - está a seu lado, alerta também. Milton ainda não fez o desjejun (desjejun? Um cigarro, um copo de vinho, isso é desjejun?) - o concorrente já tomou suco de laranja, já comeu ovo, torrada, queijo, já sorveu uma grande xícara de café com leite. Já está nutrido.

Milton ainda está nu, o concorrente já se apresenta elegantemente vestido. Miltom mal abriu os olhos, o concorrente já leu os jornais da manhã, já está a par das cotações da bolsa e das tendências do mercado. Milton ainda não disse uma palavra, o concorrente já falou com clientes, com figurões da política, com o fiscal amigo, com os fornecedores. Milton ainda está no subúrdio; o concorrente, vencendo todos os problemas do trânsito, já chegou ao centro da cidade, já está solidamente instalado no seu prédio próprio. Milton ainda não sabe se o dia é chuvoso, ou de sol, o concorrente já está seguramente informado de que vão subir os preços dos artigos de couro. Milton ainda não viu os filhos (sem falar da esposa, de quem está separado); o concorrente já criou as filhas, já as formou em direito e química, já as casou, já tem netos.

Milton ainda não começou a viver.
O concorrente já está sentindo uma dor no peito, já está caindo sobre o balcão, já está estortorando, os olhos arregalados - já está morrendo, enfim.

In: Contos reunidos. São Paulo: Cia das Letras, 2008.

4 comentários:

Ívila disse...

clap clap clap
parabens pelas postagens,"riu-m" bastante de suas postagens,me faz lembrar levemente Luis Fernando Veríssimo à la Imperatriz,claro.
Gostei bastante da postagem do Gil/Avatar/o resto vc ja sabe. tem uma simplicidade que eu aprecio,continuarei ocupando o hotel, principalmente aos sabados, domingos e feriados! :)

Luís Diniz disse...

Bienvenida sempre.

Iuri Petrus disse...

Miltão

Luís Diniz disse...

Hahaha! Podes crê! Miltão na veia!