quinta-feira, 15 de outubro de 2009

CINEMA NO TEATRO

O projeto Cinema no Teatro passou um tempo sumido, parado, longe do Ferreira Gullar. Mas agora voltou, voltou para ficar, porque ali, ali é o seu lugar.

Lembro quando o projeto começou, lá pelos idos de mil novecentos e dois mil e dois. Lembro da trabalheira que deu pro Gilberto transportar a telona lá da casa dele até o teatro, empurrando a tralha dentro de um carrinho de mão. Lembro do Cláudio vestido de homem-sanduíche divulgando os filmes na Praça de Fátima. Lembro da Nice fantasiada de Rê Bordosa distribuindo folhetos com a programação do projeto nos semáforos do Centro. Lembro do Chico organizando a fila na portaria do teatro com uma latinha de Skol na mão. E do pipoqueiro vendendo suas pipocas alucinógenas multicoloridas para aqueles que chegavam pontualmente às 19h no Ferreira Gullar.

Pro retorno do Cinema no Teatro, dois filmes do documentarista Eduardo Coutinho.

Dias 19/10: Jogo de Cena - Documentário - Classificação Livre


Sinopse: Atendendo a um anúncio de jornal, 83 mulheres contaram sua história de vida em um estúdio. 23 delas foram selecionadas, em junho de 2006, sendo filmadas no Teatro Glauce Rocha. Em setembro do mesmo ano várias atrizes interpretaram, a seu modo, as histórias contadas por estas mulheres.





Dia 26/10: O Fim e o Princípio - Documentário - Classificação livre


Sinopse: Um filme nascido do zero. Sem pesquisa prévia, sem personagens, locações nem temas definidos, uma equipe de cinema chega ao sertão da Paraíba em busca de pessoas que tenham histórias pra contar. No município de São João do Rio do Peixe, o filme descobre o Sítio Araçás, uma comunidade rural onde vivem 86 famílias, a maioria ligada por laços de parentesco.


A entrada é franca. Todas as segundas, às 19h, no Teatro Ferreira Gullar.

2 comentários:

Natal Marques disse...

Cara, bom demais saber disso!
Tomara que a prática do debate pós-filme que o Gilberto encabeçava volte também!

Abraço!

Luís Diniz disse...

Pois é. Vamo torcer pra que o projeto volte com gosto de gás. Valeu!